Qual o peso de um botijão de gás vazio?

0

Qual o peso de um botijão de gás vazio?

É importante saber quanto pesa um botijão de gás e existe uma determinação da ANP (Agência Nacional do Petróleo) para que os botijões sejam vendidos com o peso certo.

Um exemplo são os botijões de 13 kg, mais comuns e usados nas residências brasileiras. Por isso, preste atenção ao peso quando comprar um botijão.

Temos uma central de atendimento por telefone que funciona de domingo a domingo para suporte ao cliente. Se tiver alguma dúvida ligue para o telefone do Aplicativo Preço do Gás:

0800-000-0960

A ANP é quem faz a fiscalização das revendedoras de gás e exige uma balança na hora de abastecer o insumo.

A balança deve ser certificada pelo Inmetro, pois caso o consumidor desconfie do peso, deve pedir à revendedora para pesar o produto.

Veja a seguir, qual o peso que um botijão vazio deve ter e as diferenças regionais do gás de cozinha.

Fique de olho no peso do botijão de gás vazio

É importante saber que um botijão de gás vazio tem o peso de 15 kg, entretanto, pode variar conforme o fabricante de 13 kg a 15 kg.

Sendo assim, é importante verificar na alça do botijão de gás qual o seu peso, que deve estar disponível para o consumidor.

Portanto, na compra do gás de cozinha de 13 kg, ou o P13, quando cheio deve pesar na balança certificada pelo Inmetro a média de 28 kg e a qualquer divergência, a revendedora deve ser avisada.

Diferenças regionais do botijão de gás

Uma curiosidade sobre o botijão de gás é que ele pode ter seu nome alterado de acordo com a região.

Sendo assim, você pode encontrar o insumo sendo chamado de gás de cozinha, bujão de gás, gás engarrafado, garrafa de gás ou gás envasado.

Em outras regiões o botijão de gás pode ser chamado de botija de gás e pilha de gás, contudo, nas revendedoras são conhecidos por suas siglas: P2, P5, P13, P20, P45 e P90.

Indiferente do nome, o gás de cozinha deve ser fabricado conforme a norma da ABNT NBR 8640, que cuida dos recipientes ou botijões enviados às residências.

Outro cuidado é que o botijão deve ser resistente, pois o GLP (gás liquefeito de petróleo), é altamente explosivo, portanto, o recipiente deve ser resistente ao tempo.

Além disso, o botijão possui algumas especificações que devem ser seguidas em sua fabricação, ou seja, ele deve conter:

  • Alça superior;
  • Calota superior;
  • Cordão de solda;
  • Calota inferior;
  • Base.

A base do insumo deve ser de aço em processo de estampagem de acordo com as normas da ABNT NBR 7460.

Veja a seguir o que fazer com seu botijão de gás vazio e os cuidados que deve ter para a sua conservação.

O que fazer com um botijão de gás vazio?

Qual o peso de um botijão de gás vazio?

O botijão vazio, ou seja, quando o gás de cozinha acaba, deve ser trocado na compra de um botijão cheio.

Contudo, se você não deseja mais o item, existem algumas maneiras de não ficar com ele em casa, confira:

  • Em caso de botijão vazio e sem uso, entregue o mesmo na revendedora, eles podem colocar ele em uso novamente;
  • Um botijão vazio custa em média R$ 120,00, por isso outra opção é vender ou doar para alguém que esteja precisando, já que a troca possui um preço bem inferior;
  • Além disso, a revendedora é obrigada a aceitar o botijão de gás independente de seu estado de conservação, sendo assim, se estiver em desuso, pode ajudar alguém.
  • É importante ressaltar que ao entregar o seu botijão vazio na revendedora na compra de outro, ele é encaminhado para empresas que realizam vistorias para saber de suas condições antes de voltar a ser colocado à venda.

Somente após aprovados, eles voltam a circular nas revendedoras e são vendidos aos consumidores finais.

Essa questão ajuda o meio ambiente, já que o material usado na fabricação do produto pode agredir o solo e demorar mais de 100 anos para se decompor.

Quantos botijões manter em casa para sempre ter gás?

As revendedoras de gás seguem rigorosas normas de cuidados para o armazenamento, manuseio e transporte do gás.

Em casa, muitas pessoas costumam ter ao menos dois botijões para não faltar gás em um momento de necessidade. Afinal, o gás de cozinha sempre termina quando a comida está sendo preparada.

Por isso é importante sempre ter um botijão de gás reserva, caso você tenha espaço seguro para isso.

Embora não exista uma lei que proíba a existência de mais de um insumo residencial, é importante que sejam seguidas algumas normas de segurança.

Como, por exemplo, manter o botijão de gás fora de casa, e protegido contra as ações do tempo, pois isso ajuda em sua conservação.

Além disso, deixar longe do alcance de crianças e animais domésticos, e mantê-los sempre na posição horizontal é indispensável.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza cookies de acordo com sua Política de Privacidade, e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais